quinta-feira, 13 de dezembro de 2012



 Acredito que seja impossível existir amor sem dor. Um é subseqüente do outro e andam lado a lado, são parceiros, confidentes. O amor não seria completo se não existisse aquela dorzinha, por menor que seja.. ela existe, e sempre andará ali onde o amor reina. Seja a dor do ciúmes, da saudade, seja a dor da mágoa por uma palavra mal expressada, seja a lembrança de um amor que já não existe mais..

O amor é lindo, ah se é!  Encantador. Mas até que ponto? E pra quem ele é tão esplêndido? Quando se trata de um amor platônico, por exemplo, ele deixa de ter aquela magia toda, pois só é sentido por apenas uma pessoa, obsessivamente. E quando é um amor por alguém que já se foi .. Como sempre, estará acompanhado com a sua velha e fiel amiga, a Dor. E tente a ser assim até os fins dos tempos, mesmo que gerações e gerações evoluam e mudem conforme os anos. Quem muda somos nós, e não a ordem natural das coisas. A dor vai estar sempre ao lado do amor, e vice-versa.

S.Simoncelo

Nenhum comentário: