domingo, 5 de setembro de 2010

Deve ser (;




Há coisas que dispensam entendimentos. Mas sentir, se faz necessário. Acreditar, mais ainda. Dia após dia, vamos caindo e levantando. Empurramos o coração a fazer valer. Melhor dizendo, empurramos a razão. O coração é involuntário e ele sabe o que faz. Mesmo?
Deus tem sempre o melhor guardado para nós. Fato, fato, fato. Ele mesmo cuidou em me mostrar isso há algum tempo. Portanto, é uma forte convicção, uma verdade que eu levo e que se mantém viva dentro de mim.
Nada é à toa. Nada é sem razão. E com certeza, nada é por acaso. Tudo se torna um tudo e um todo. Tudo, de algum jeito, se completa. E em meio a imperfeições, encontramos o perfeito que realmente importa. Detalhes, delicadezas, e a paz de um sentimento bom. Algo raro, precioso. Intocável.
Pertinho da minha janela, os pássaros parecem ter se multiplicado. O sol resolveu aparecer mais reluzente. Junto com ele, as flores, os sorrisos e uma nova canção. Deve ser a chegada de Setembro. Deve ser a primavera batendo mais cedo em minha porta. Deve ser a parte bonita da vida. Deve ser você. Deve ser o amor, deve ser nós. Deve ser.

S.Simoncelo

Nenhum comentário: