quarta-feira, 30 de junho de 2010

17.. Quase 18 Outonoos ;p




Sou dramaticaa, intensaa e transitoriia (como jah diziia Clarice Lispector). Venho sem manuaal e previsãao. Nãao entendoo de politica, futebol e carros, maas falo sobre vida, amor e futuro, como um dicionariio. Soou confiante, confiada e confusaa. See me deer sua mãao, eu te doou o mundo. Nauam tenha medo da minha transparenciiia e falta de escrupuloos. Tema minha sinceridade, meus bons modos e meu lado detalhista. Seja pacientee com minha impacienciia, com minha falta de experienciia..Desconfie do meu silencio  da minha empolgação. Nauam sei lidar com o meio termo, por isso, tudo me afeta mais. Faço tempestade em copos d'aguá e do amor para a indiferença, é um pulo. Quando sou, sou por itneiraa. Cheiia de ideiias fixaas, planos loucoos e nenhuma corageem. Naaum me deixa sumiir, neem te tiraar do pensamento por alguns minutoos.  Eu preciso de apenaas alguns instantes para ouviir meu lado racial e correr de fortes emoçoes. Naaum se assuste com o meu desapego ou apego em excesso, naaum sei amaar pela metade e me envolver usando freiios. Me ame, me mime, me maltrate. No finaal do diia, eu soh qero ter pra qm ligaar. Naaumn me magooe, sequer tente me acorrentaar. Naaun se assuste com minhas mudançaas de humoor e de sentimentoos. Apreciiie meu excesso de principioos. Saiba reconheceer naaum soh as minhas qualidades, mas os meus defeitos tbm. Naum se surpreenda com meus viciios saudaveiis e minhaas insegurançaas seem sentido. Naaum procure entendeer minha linha de raciociniio. Eu penso, observo e mudo de opnião em questão de segundos. Seem resto ou dores, sempre corto o maal pela raiiz. Naaum acredito em amizade depoiis do namoro. Naum acredito em amor qe tenha fiim. Valorizo todaas as qualidadees qe naaum possuo. Queroo sua corageem, seu sanguee, seu gozoo. Nauam esperee piedade, hipocresia ou segunda chance. Sou uma soh, habitada por variaas. 

Pooor.. Saah Simoncelo

Nenhum comentário: