terça-feira, 29 de junho de 2010

My life.. ;p

Com o tempo, aprendi a ser uma nova pessoa. Perdi toda a inocência linda de que eu tanto me gabava por aí. Adotei um olhar malicioso, contornado de preto, com o intuito de afastar todo o mal que me desejassem. Evitei todos os amores descartáveis que podiam ser encontrados em qualquer brisa que passasse na minha vida. Desejei quem não podia. Provoquei, provei e fui embora antes do dia amanhecer, sem ousar pra trás. Me apeguei a quem estava indo embora e cheguei a pensar em fazer as malas. Quis chorar até soluçar, e chorei. Quis ser fraca e falar do tamanho do medo que eu tenho da vida, mas me calei. Quis me apegar em qualquer carinho mais demorado e machuquei o outro com meus espinhos. Quis correr atrás de todos os meus sonhos, mas eles fugiram de mim, porque eu me comportei como uma menina mimada e perdi o caminho de volta pra casa. Quis até um desses romances incríveis que lotam álbuns de orkut e fechei os olhos pra realidade.

Quis que o Hoje durasse pra sempre, mas ele mal existiu. Quis bater de frente e colocar a cara a tapa, e deixei pro Amanhã que nunca chegou. Quis me matar e não me faltaram forças. Quis resistir a todo suposto sentimento de raiva que teimava em crescer e consegui transforma-lo em indiferença. Quis apenas viver bem e consegui ser feliz como nunca havia sido antes. Quis ser o errado, mas dei certo. Quis ir embora pra sempre e voltei no mesmo dia.

Tratei minhas dores como imortais e esqueci que o resto do mundo tem problemas muito maiores que os meus. Fui fiel e sincera com pessoas que sequer mereciam o meu desprezo, e não me arrependi em momento algum. Iludi pessoas sem perceber, por isso, perdi companhias incríveis. Fui hipócrita por diversas vezes, escondendo em um sorriso amarelo, todas as lágrimas revoltadas. Ajudei quem sequer se importou com meus sentimentos e não vejo peso maior do que esse para levarei pelo resto da vida. Já desconfiei das pessoas que mais amo na vida e me envergonhei no segundo seguinte. Me iludi com um beijo e me desapeguei por um palavra dita em um momento errado. Já quis ser feliz pra sempre e só depois de anos de tentativa, descobri que isso é um exercício diário, que com o tempo, nos leva a perfeição

Um comentário:

Thiago (PapoGaudério) disse...

Muito bom o texto!
e muita coisa ai, realmente acontece com muitos!
vc tem talento! bj!